Carta de Condução

Posted: Março 17, 2014 in Coisas do dia-a-dia, Sobre mim

Estava a andar de carro com a minha irmã, e, depois de 300 km percorridos, ela disse:

“Nunca mais tiras a carta. Depois podes conduzir tu!”

Fiquei a pensar que já não falta assim tanto tempo…

Hoje assisti a uma entrevista a um escritor. Aqui ficam algumas boas perguntas para fazer a um escritor:

  • Quando perceberam que o vosso destino era ser escritores?
  • De onde vem os personagens? De alguma forma se relacionam com alguém que conhecem?
  • Qual o vosso livro e autor favorito? Guiam-se por eles na escrita dos vossos livros?
  • Qual é a sensação de ir a uma loja e encontrar um livro vosso à venda?
  • Já alguma vez se cruzaram com alguém a ver um livro vosso?
  • Atualmente, cada vez é mais difícil publicar um livro, principalmente devido a motivos financeiros. Qual foi a vossa maior dificuldade na publicação dos vossos?
  • Enquanto estão a escrever, partilham a história com alguém para pedir conselhos?
  • Quanto tempo demoram a escrever um livro?
  • Dedicam quanto tempo à escrita por dia?
  • Como surgem as ideias para escrever um livro?
  • Gostam de trabalhar em silêncio absoluto ou preferem ouvir música enquanto trabalham?
  • Das obras que escreveram, tem alguma que seja a vossa favorita?
  • Se estivessem agora a começar a vossa carreira como escritores, mudariam alguma coisa?
  • Comparem a situação de Portugal na literatura relativamente aos outros países. Acham teriam mais ou menos sucesso se publicassem as mesmas obras mas noutros país?
  • Qual dos vossos livros teve um maior sucesso?

Uma das respostas que me fez pensar mais foi a resposta à pergunta “Desde sempre percebeu que o seu destino era ser escritor?“. O escritor falou da sua vida e disse que para além de ser escritor era jornalista. Foi a profissão de jornalista que o fez começar a escrever livros. Mas acrescentou que antes de seguir para esta profissão, fez mais dois cursos na universidade dos quais desistiu, pois percebeu que não era a área para a qual estava vocacionado. Deu um conselho que foi “Nunca sigam uma carreira por influência da família e da restante sociedade.” Isto acontece muitas vezes. Várias pessoas vão para uma determinada área porque foram obrigados pelos pais. Cada pessoa deve seguir o que realmente gosta.

20140307-212401.jpg

Imagem  —  Posted: Março 7, 2014 in Coisas do dia-a-dia

Exercício

Posted: Março 5, 2014 in Coisas do dia-a-dia

Fui correr… Há bastante tempo que não fazia um treino tão intensivo! Foi bom, pois pude ouvir música e sentir o bom do calor que está hoje. Cheguei a casa, tomei banho, vesti um pijama lavado e estou deitado no sofá, a estudar ver uma série. Estou cansado fisicamente, mas bem psicologicamente! Vou começar a fazer isto mais vezes, não só pelo bem que faz, mas também pela minha necessidade de emagrecer!

20140212-231733.jpg

Imagem  —  Posted: Fevereiro 12, 2014 in Coisas do dia-a-dia

Tempo ilimitado

Posted: Fevereiro 10, 2014 in Coisas do dia-a-dia
Etiquetas:

Tive um pesadelo em que estava no hospital e os médicos disseram que me restavam 19 horas de vida. É talvez uma das piores coisas que me poderia acontecer. Não tenho medo da morte. Sei que posso morrer a qualquer momento, por isso, vivo tento viver cada momento como se fosse o último. Mas ter um tempo limitado de vida é, de certo modo, como ter um prazo de validade… O que fazer nestas 19 horas? Com quem estar? Para onde ir? Felizmente, acordei quando ainda apenas tinham passado duas horas. Quando percebi que tinha sido apenas um pesadelo, fiquei bem disposto e enfrentei o dia de outra forma!

Dica para quem tem um cão

Posted: Fevereiro 1, 2014 in Coisas do dia-a-dia
Etiquetas:

Se tens um cão, não vejas um programa/filme/série em que haja um cão enquanto ele está por perto pois pode correr mal.